O Natal Alentejano

By : | 0 Comments | On : Dezembro 23, 2016 | Category : Blogue

azevias - Receitas da Tia Céu

Apesar da tradição já não ser o que era, os costumes gastronómicos continuam a prevalecer e a distinguir os habitantes de cada região do país.

Hoje vou falar-vos do que melhor conheço, a gastronomia alentejana e o que é costume comer, no Natal, no meu Alentejo.

Os festejos natalícios, geralmente começavam com a matança do porco, no início de Dezembro. No Alentejo, havia o costume, entre os ganhões e gentes de menos posses materiais, de criar um porquinho ao longo dos meses, para matar, no Inverno e enriquecer a parca e pobre dieta à base de sopas e pão e equilibrar o orçamento familiar. Matava-se o animal, aproveita-se tudo o que era possível e, se bem gerida, a reserva de carne e enchidos dava até ao ano seguinte.  E era no início do Inverno que se procedia a este ritual, para o qual se convidavam amigos e vizinhos.

Não é à toa que um dos pratos típicos do Natal, no Baixo Alentejo, é a Carne de Porco com Ameijoas, ou como dizem no Algarve, de onde é originário, Carne de Porco à Alentejana, para se saber que era carne de porcos alentejanos, alimentados com bolota e consequentemente, com a carne mais saborosa, ao contrário do porco algarvio, que era alimentado com restos de peixe.

Bem, mas considerações de nome e origem à parte, um dos pratos da ceia de Natal é a Carne de Porco com Ameijoas ou as fatias de carne de porco assadas ou ainda carne de porco frita com laranja.

A Ceia de Natal, no Alentejo é depois da Missa do Galo e, por isso, pode suportar pratos mais consistentes como é o caso dos de carne de porco. Geralmente é servida primeiro uma sopa de feijão ou uma canja de galinha. Também se pode servir, em algumas zonas, as migas de bacalhau. Os enchidos fazem parte do repasto.

Na zona de Niza é costume servir-se a alhada de cação mas em Beja a ceia pode restringir-se ao chocolate quente acompanhado de bolinhos secos, bolo de massa de pão ou pederneiras. Depende também dos costumes de cada família.

Já no Alvito, uma vila perto de Beja, é costume incluir na ceia de Natal, além da carne de porco, migas de bacalhau e bacalhau cozido.  Em Borba, é tradição servir-se sopas de caldeta, confeccionadas com cação ou bacalhau, o caldo engrossado com farinha e servido sobre fatias de pão.

Quanto aos doces, não pode faltar na mesa alentejana, as fatias douradas, as filhós, as azevias de grão ou batata doce, o nógado, o pão de rala, os sonhos e o arroz doce, todos eles acompanhados com café ou chocolate quente.

 

Share This Post!

Deixe uma resposta